Ecoturismo na Ásia

392 Visualizações

O ecoturismo é uma espécie de turismo do reencontro. O homem é um elemento da natureza. Ainda que capazes de transformá-la, nunca deixaremos de ser parte dela

O modelo de vida adotado nas grandes cidades não nos permite um contato maior com a natureza, que é o caso de quem pratica o ecoturismo, uma espécie de expedição ao ventre materno da natureza.

No máximo, em nossas fugas das grandes cidades, nos refugiamos em pequenos nacos de natureza, sempre a distância segura do próximo posto de gasolina ou supermercado.

O ecoturismo vai além disso: é exploratório, libertário, precisa atravessar e expandir fronteiras, ter sabor de riscos e aventura. Não cabe em pequenos espaços, o encontro tem que ser pleno, sem amarras e receios, sem ar poluído e civilização.

Acima de tudo, porém, é uma declaração de amor e respeito, em que o cuidado com não agredir o ambiente é a única e mais importante regra

A Ásia e o Ecoturismo

Se há um continente que oferece essas condições é o asiático. Gigantesco, diverso, denso e cheio de ofertas fantásticas, um lugar onde o próprio ser humano se oferece como parte da paisagem – como no Butão, o campeão de preservação ambiental no planeta.

O Butão é o único país do mundo que tem 80% de seu território coberto por floresta nativa, como consequência de políticas governamentais, com apoio da população local, que se caracteriza pela forma simples de vida.

ecoturismo

Um dos mais generosos destinos ecológicos do mundo, este país é perfeito para quem gosta de aventuras. São dias e dias de trilhas por paisagens selvagens, incluindo montanhas, vales e falésias, em contato com a vida selvagem in natura.

A própria forma como o homem lida com a natureza naquele país é um modelo de educação ambiental, que também é parte do escopo do ecoturismo, servindo de inspiração para experiências humanas mais sábias e racionais, com menos fúria por consumir e mais vontade de experimentar a vida em sua plenitude, que inclui a harmonização com a natureza, numa relação de cuidado e respeito.

ecoturismo

Outras experiências

Será preciso muito tempo para explorar o maior dos continentes. Podemos, no entanto, começar no extremo oriente, fazendo uma visita ao Monte Fuji para ver o nascer do sol no topo do Japão. Se tiver fôlego, tente o gelado Island Peak, no Nepal, visite as famosas muralhas da China e o deslumbrante Parque Nacional de Zhangjiajie.

A quantidade de ecossistemas e paisagens diferentes é suficiente para um livro. Então, se a sua ideia é explorar o ecoturismo asiático, prepare-se para viver uma grande história, que conta como o contato com as maravilhas naturais da Ásia pode transformar um ser humano.

Se não faltar tempo, fôlego e dinheiro, não deixe de se deslumbrar com a visão do vulcão Merapi, na Indonésia, e com as suntuosas visões oferecidas no parque Nacional Seoraksan, na Coreia do Sul.

Cansado de subir e descer montanhas? Calma que tem mais. Como não dar um passeio pela famosa floresta dos macacos, na Indonésia, um verdadeiro santuário dos primatas? Como não visitar o Vale de Catmandu, onde o passeio ecológico revela paisagens humanas históricas, que remontam ao período medieval do Nepal?

Agora, descanse um pouco, que ainda há muitas trilhas maravilhosas montanha acima.